Restituídos e restaurados

No Velho Testamento quando alguém roubava alguma coisa o Senhor determinou o que ele deveria fazer. Ele deveria trazer uma oferta pela culpa e também tinha que restituir tudo o que roubou e ainda deveria acrescentar mais 20 por cento.
Será, pois, que, tendo pecado e ficado culpada, restituirá aquilo que roubou, ou que extorquiu, ou o depósito que lhe foi dado, ou o perdido que achou, ou tudo aquilo sobre que jurou falsamente; e o restituirá por inteiro e ainda a isso acrescentará a quinta parte; àquele a quem pertence, lho dará no dia da sua oferta pela culpa. Lv. 6:4-5

Indenizar 20%
Quando uma pessoa roubava, ou tivesse usado de extorsão para com o seu próximo. Ou que tivesse achado algo perdido e se negasse a devolver ao dono ela não poderia simplesmente oferecer a oferta pela culpa. Ela tinha que restituir o roubado e ainda acrescentar um quinto do valor.

Terá o que não tinha antes
Isso é algo fascinante porque agora a parte que tinha perdido se torna a parte ganhadora. Aquilo que inicialmente era uma perda no final será um ganho ainda maior. Ele agora ganhou o que não tinha antes.

Antes que você comece a fazer as contas de suas dívidas, preciso lhe dizer que isso não diz respeito a você, mas a Jesus.
Ele tomou o lugar do pecador na cruz. Ele tomou para si a dívida daquele que roubou e extorquiu. Uma vez que ele pagou pelo nossos pecados você precisa entender que certos pecados precisavam também de restituição. Assim a obra completa do Senhor envolve o perdão da oferta pelo pecado, mas envolve também a restituição 120 por cento para aquele que foi defraudado. São mais que os cabelos de minha cabeça os que, sem razão, me odeiam;
São poderosos os meus destruidores, os que com falsos motivos são meus inimigos; por isso, tenho de restituir o que não furtei. Sl. 69:4
Esse salmo foi mencionado pelo Senhor Jesus na última Ceia como se referindo-se a ele, portanto é um salmo messiânico.

Isto, porém, é para que se cumpra a palavra escrita na sua lei: Odiaram-me sem motivo. Jo.15:25
Se o salmo 69 é messiânico, então quem está falando ali é o Senhor Jesus. Observe que na última frase o Senhor diz: “tenho de restituir o que não furtei.”
Nós somos aqueles que roubaram de Deus louvor e adoração, nós temos defraudado a Deus roubando a sua glória. Mas não temos defraudado apenas a Deus, nós também defraudamos os homens. Mas não temos defraudado apenas a Deus, nós também defraudamos os homens.

1 – Ofensores perdoados
Na cruz o Senhor tomou o nosso lugar. Nós éramos os ofensores, os ladrões e os pecadores, mas ele tomou o nosso lugar por isso ele deve restituir o que ele não roubou. Nós roubamos, ferimos e extorquimos, mas como ele tomou o nosso lugar ele agora é responsável por restituir e não nós.

2 – O Senhor nos deve e precisa restituir
O Senhor mesmo nunca pecou, mas como tomou o nosso lugar ele deve restituir 120 por cento o que nós roubamos. Ele se tornou responsável pela restituição de tudo o que tomamos de outros. Essa é a razão porque ele foi crucificado no meio de dois ladrões. (Sabe por que Jesus morreu no meio de dois ladrões? Porque eu e você éramos o terceiro ladrão). Estamos habituados a pensar que o Senhor nos dá o perdão, mas a restituição é por nossa conta.

Evidentemente devemos restituir tudo o que tomamos de outros, pois foi exatamente isso que Zaqueu fez e o Senhor disse que aquele era o sinal de que a salvação tinha entrado na casa dele. Mas a verdade é que não temos condições de restituir tudo a todos que ofendemos, mas o Senhor é rico o suficiente para fazer isso por nós. Infelizmente muitos que vivem debaixo de acusação do diabo, pensam que não podem ser aceitos por Deus por causa de seus muitos defeitos e falha1s. Mas a oferta pela culpa é também uma ilustração de como somos aceitos diante de Deus.

3 – O carneiro e não o ofertante
Quando alguém vinha oferecer uma oferta pela culpa ele deveria trazer um carneiro diante do sacerdote no Tabernáculo. O sacerdote inspecionava o carneiro para ver se ele era perfeito e qualificado para o sacrifício. Observe que o sacerdote não inspecionava o ofertante, mas o carneiro do sacrifício. Se o carneiro fosse aceito o ofertante era aceito também. Hoje nós chegamos diante de Deus trazendo Cristo como o nosso cordeiro como oferta pelo pecado. Deus olha e vê se Cristo está qualificado, se o Cordeiro é perfeito então nós somos aceitos diante de Deus.

Não tem nada a ver conosco, tudo diz respeito a Cristo. Depois de apresentar o carneiro o ofertante impunha as mãos sobre o animal e confessava os seus pecados. Naquele instante o seu pecado era transferido para o animal que logo em seguida era morto sobre o altar de holocausto. O sacerdote aspergia o sangue sobre o ofertante e este ia embora completamente perdoado. Esse é um quadro da nossa redenção. Nós fomos perdoados na Cruz. Nossos pecados foram transferidos para Cristo o nosso representante. Hoje somos aceitos porque Cristo foi aceito como nosso sacrifício.

4 – Ofendidos e restituídos
Mas a grande bênção é que não somos apenas os ladrões e ofensores, nós também somos os que foram roubados e ofendidos. Nós podemos receber a restituição de tudo o que nos foi roubado com 20 por cento de acréscimo. Por um lado como ofensores Cristo nos representou e pagou a nossa dívida, mas por outro lado como ofendidos e roubados Cristo se apresenta como o restituidor.

Assim hoje podemos ser restituídos e restaurados de tudo o que nos foi roubado. Na cruz Ele se tornou responsável de restituir tudo. Quando homens restauram algo a restauração é sempre inferior ao que era originalmente. Mas com Deus é diferente. A restauração que Deus opera é sempre melhor em qualidade e quantidade. Certamente aqui começou a lei da indenização.

Se alguém furtar boi ou ovelha e o abater ou vender, por um boi pagará cinco bois, e quatro ovelhas por uma ovelha. Ex. 22:1
Na ótica de Deus aquele que perdeu mais será restituído mais. Por um boi a restituição era cinco vezes mais, mas para uma ovelha era apenas quatro vezes. Sempre vem a dúvida: “Será que eu mereço ser restituído dessa forma?” Preste atenção, isso não tem nada a ver com você e sim com Cristo. Quanto ao seu casamento se o diabo roubou sua esposa, Deus não dará cinco esposas de volta, mas sim um casamento extraordinário!

5 – O que será restituído
Uma oferta relacionada somente à dinheiro. É interessante que a oferta pela culpa tratava de forma diferente os pecados relacionados com dinheiro. Quando o pecado envolvia dinheiro deveria haver restituição. Você precisa crer que a restituição de Deus na sua vida atinge primeiro a sua vida financeira. Se você foi roubado ou extorquido o Senhor, o restituidor, lhe devolverá 120 por cento mais do que o que você perdeu.

Essa é a legalidade da oferta pela culpa.
Graça e paz vos sejam multiplicadas, no pleno conhecimentode Deus e de Jesus, nosso Senhor. (2 Pe 1:2)

Tempo
Mas restituição não se relaciona apenas a coisas, mas até mesmo aos anos que nos foram roubados. Restituir-vos-ei os anos que foram consumidos pelo gafanhoto migrador, pelo destruidor e pelo cortador, o meu grande exército que enviei contra vós outros. Jl. 2:25. Tempo é vida que passou. Quantos de nós quando convertemos dizemos; porque não nos convertemos antes? Perdemos tanto tempo! O Senhor pode te restituir todos esses anos.

Na restituição de Deus tudo aquilo que não foi feito será feito em menos tempo porque os recursos serão melhores e a unção será maior. Não projete o seu futuro baseado no passado porque a restituição será 120 porcento maior. Quem tinha perdido será o ganhador.

Vida plena
Deus quer restituir o descanso no corpo, na alma e no espírito. Só há verdadeira restituição quando entramos nos descanso. Descansamos no espírito quando temos certeza da salvação. Quem não tem certeza vive angustiado e temeroso. Descansamos na alma quando vencemos toda acusação, culpa e vergonha. Mas descansamos no corpo quando temos saúde completa. Até o descanso que lhe roubaram será restituído.

No Salmo 51:12 Davi disse: “Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário”. A salvação deve resultar em alegria e vida plena. Quando compreendemos o princípio da restituição a fé da igreja é ativada e muitos milagres começam a acontecer. É a fé de quem recebe, mas também é a fé dos que ministram que é ativada. Muitos te roubaram, Eu o Senhor vou restituí-lo: o diabo te roubou, seus pais te roubaram, seus chefes e patrões te roubaram, pessoas te roubaram.

Autoridade
Adão foi colocado na terra para dominar e governar, todavia este domínio foi usurpado, roubado por satanás por causa do pecado de Adão. Em Cristo, porém, Deus nos restituiu esta autoridade. Precisamos ter revelação de que estamos assentados com Cristo nos lugares celestiais (Ef. 2:6).
e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus; (Ef. 2:6)

Honra
Isaías 61:7
Em lugar da vossa vergonha, tereis dupla honra; em lugar da afronta, exultareis na vossa herança; por isso, na vossa terra possuireis o dobro e tereis perpétua alegria.

6 – Líderes segundo o coração de Deus
Restituir-te-ei os teus juízes, como eram antigamente, os teus conselheiros, como no princípio; depois, te chamarão cidade de justiça, cidade fiel.
Is. 1:26

Nesses dias eu creio que Deus está levantando uma nova geração de líderes que trarão a revelação do Pai. Haverá um liberar maior de sabedoria e direção de Deus. Nós estamos edificando a igreja que será chamada cidade de justiça, cidade fiel. Um povo que sabe que é justo em Cristo e que estão sustentados naquele que é fiel. Um povo que tem paz e fé, que vive sem medo porque é amado e por isso reinará em vida.

Tags