O dia da aliança com o líder

Deus tem levantado muitos líderes em nosso meio. São pessoas que procuram, em primeiro lugar, o reino de Deus e sabem que Ele proverá em suas necessidades; são homens e mulheres que não estão embriagados por seus sonhos pessoais, mas perseguem um chamado de Deus. Deus tem levantado líderes que sabem o custo do discipulado, por isso não estão simplesmente buscando bênçãos; antes, buscam a graça de ser obedientes às ordens do Senhor. Posso testificar que são líderes que não buscam posição, buscam apenas um lugar para servir. Não querem usar as pessoas, querem ser usados por Deus. Não buscam conforto; antes, dispõem-se ao sacrifício. Esses líderes que Deus tem levantado em nosso meio não estão se divertindo em um entretenimento celular; antes, seguem uma visão celestial. Não estão brincando de igreja, não querem discutir teologia e nem são colecionadores de sermões. Eles estão aqui para alcançar uma geração, para expandir o reino de Deus e fazer a sua vontade conhecida a todos nesta cidade.

Semana após semana, não ouvimos queixas, nem desculpas, mas vemos responsabilidade e trabalho. O que contemplamos é gente com encargo do céu cuidando de milhares de novos na fé e liderando milhares de grupos pequenos. Estes são os nossos líderes de célula. Realize algo especial que faça o seu líder sentir-se especial. No capítulo 4 de sua Primeira Carta aos Coríntios, Paulo usa quatro expressões para descrever uma liderança fiel. Essas expressões traduzem o líder fiel e nos mostram a importância do seu trabalho.

1- O líder é um ministro de Deus
No verso primeiro, Paulo diz: “Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus” (1 Co 4.1). A palavra traduzida como “ministro” é huperetes. Essa palavra aplicava-se originalmente a um “remador inferior”. Nos dias de Paulo, as embarcações eram movidas a remo e havia centenas de remadores na parte inferior dos navios. Isso nos mostra que o líder é aquele que rema no porão do navio. O líder é aquele que trabalha enquanto outros dormem. Ele vela pelos membros da célula como um pai vigia os filhos. 

Muitos líderes andam com os nomes dos membros de sua célula dentro do bolso, outros trazem uma foto na carteira e constantemente os apresentam diante de Deus em oração. Semana após semana, conduzem a reunião da célula e suportam o peso espiritual de serem remadores conduzindo a igreja a lugares novos. Homens assim devem ser honrados e respeitados. Você honra o seu líder decidindo não ser parte do problema, mas parte da solução, decidindo levar junto com ele o encargo da célula.

2-  O líder é um despenseiro de Deus
Paulo também diz que, além de ministros, os líderes são “despenseiros dos mistérios de Deus, e o que se requer dos despenseiros é que cada um deles seja encontrado fiel” (1 Co 4.1,2). Despenseiro é oikonomos no grego e quer dizer “administrador, mordomo, dirigente de uma casa”. Essa função era frequentemente de um escravo de confiança que era o encarregado de todos os negócios do lar.

A célula é um grupo familiar, e o líder é o despenseiro encarregado de dar comida aos filhos. É precioso que, a cada semana, milhares de despenseiros liberem o alimento para outros milhares que estão sendo alimentados na Palavra. O despenseiro não é o dono do mantimento, mas cabe a ele distribuí-lo a seu tempo. Se o despenseiro não for fiel, todos os filhos sofrem. Você precisa honrar a pessoa que tem sido usada por Deus para trazer alimento do céu para a sua vida.

3- O líder é o que se sacrifica
Tornar-se um líder é tomar sobre si a acusação de não querer fazer coisa alguma. Certa vez, um de nossos pastores estava coordenando a limpeza de um prédio. Ele estava dirigindo toda a atividade e distribuindo as tarefas para cada grupo. Então, uma criança lhe disse: “Quando eu crescer, quero ser um líder, pois eles não fazem nada, só mandam fazer”. Este é o pensamento comum das pessoas: que o líder não trabalha ou que o trabalho do líder é o mais fácil. Isso é um engano, ele é o segredo de uma tarefa concluída com excelência. Se não tivermos líderes, não teremos obra de Deus.

4- O líder é um pai espiritual
O líder não precisa ser o mais culto, o mais capaz ou inteligente, ele precisa apenas ser pai. Não importa o quanto seus filhos sejam estudados e espertos, se você é o pai deles, você está qualificado para liderá-los. Nós lideramos nossos filhos. A paternidade espiritual é a principal característica de nossos líderes. Portanto, honre-os como se honrasse o seu próprio pai.

Fonte: Quarenta dias para mudar sua vida e sua célula – Aluízio A. Silva

Tags